Memorial

Homenagem às vítimas fatais da Covid-19, famosos e anônimos. 

As pessoas não morrem, ficam encantadas!

Guimarães Rosa

Nenhuma das vítimas deve ser considerada apenas um número. Os números revelam a virulência da pandemia e também denunciam a irresponsabilidade e incompetência dos governantes e demais envolvidos. Porém, acima de tudo, por trás de cada estatística fria devemos lembrar que existem pessoas cujas histórias e memórias pulsantes jamais poderão ser esquecidas.

Afinal, toda vida importa!

Fotografia de fundo: Sempre-viva, flor típica do Cerrado
Autor: Hudson Pontes da Silva