Paulinho Paiakan (Benkaroty Kayapó)

Data: 17/06/2020

Idade: 67

Gênero: Masculino

Profissão: Ex-liderança Indígena

Localidade: Brasil.

Importante liderança do povo Kaiapó, especialmente nos anos 80, Paulinho Paiakan lutou, junto com Raoni e outros caciques indigenas, contra a construção do complexo hidrelétrico do Xingu, do qual faz parte a Usina de Belo Monte, na época batizada pela então ditadura de Kararaô. Ao lado do cantor Sting, percorreu o mundo defendendo a Amazônia, até que em 1992 foi acusado de ter estuprado uma jovem em Redenção, sul do Pará, com ajuda de sua mulher, Irekran. Foi absolvido em primeira instância, mas condenado em segunda, em 1998, a 6 anos de prisão junto com Irekran. Não chegou a ser preso e permaneceu recolhido à aldeia A-ukre até sentir os primeiros sintomas de Covid-19 no dia 9 de junho, quando foi hospitalizado.

Fonte

Homenagear

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.